Robô da USP é convidado para lutar sumô no Japão

4th October 2017
Posted By : Enaie Azambuja
Robô da USP é convidado para lutar sumô no Japão

Em dezembro, o robô Stonehenge, da equipe ThundeRatz da Escola Politécnica (Poli) da USP, pode ir ao Japão. O desafio? Participar de uma competição de sumô, a International Robot-Sumo Tournament. Caso vença uma pré-competição, marcada para um dia antes, outro robô da equipe, o Moai, também poderá lutar no torneio japonês. Todos com nome e logo personalizados, são os robôs que recebem os convites para as competições.

O Stonehenge, um radiocontrolado de três quilos, já tem experiência na disputa de Tóquio, tendo conquistado o quarto lugar em 2014. Para este ano, a equipe está à procura de empresas e instituições que patrocinem a viagem.

O International Robot-Sumo Tournament é dividido em categorias de peso entre robôs autônomos e radiocontrolados. Após três rounds, saem vencedores os primeiros que conseguirem empurrar o adversário para fora da arena. Para que seja mais difícil de tirar os robôs do “ringue” e sem poder alterar os seus pesos, os competidores utilizam a estratégia de colocar vários imãs embaixo das máquinas.

“A competição do Japão é um mundial, eles convidam os campeões de vários lugares do mundo. Como fomos campeões no Brasil, recebemos uma carta-convite”, explica Lucas Eder, estudante do terceiro ano de Engenharia Mecatrônica da Poli e capitão geral do ThundeRatz. O capitão se refere ao Winter Challenge, competição realizada no País e considerada a maior da América Latina. O evento ocorreu em julho e garantiu a vitória de sete robôs do grupo.

O capitão revela que as competições envolvendo robótica têm aumentado. “O padrão antigamente era uma nacional e outra internacional. Só que a robótica está chamando muito a atenção, então muita gente está começando a fazer competições menores.” A equipe participou de várias disputas este ano, tanto em eventos menores, como nos de maior destaque. A RoboGames, nos Estados Unidos, a FMB World Cup, na China, e a Winter Challenge são alguns exemplos.

Os 20 robôs da equipe representam quase todas as categorias existentes em competições. Na categoria sumô, o Moai é o único autônomo, sendo pré-programado para fazer tudo sozinho na arena. Seus sensores indicam a localização do adversário e as estratégias variam de acordo com a situação em que se encontra.

O maior robô que o grupo possui pesa 55 quilos e está inserido na categoria combate, uma espécie de UFC dos robôs. O vencedor é aquele que causa o maior dano ao adversário. Já o monoide Boladinho participa de várias categorias, como free style, kung fu e corrida. Ele não é montado pela equipe, mas tem várias de suas funções programadas por eles. Assista ao vídeo do Boladinho em ação:

Lucas afirma que grande parte do tempo gasto para a produção de um robô está na realização do projeto, não em sua fabricação. “Nós usamos vários softwares para fazer a estrutura dos robôs. O robô inteiro fica pronto no computador antes de começarmos a fabricar desde a placa até a estrutura.” Para ele, a equipe possibilita que vejam na prática a teoria aprendida em sala de aula. “A competição é como se fosse o mercado, pegamos nosso produto e colocamos à prova”, completa.

A equipe ThundeRatz é composta de 65 membros, divididos nas seguintes áreas técnicas: mecânica, responsável pela parte estrutural dos robôs; elétrica, que atua no controle das máquinas; e a computação, mais voltada para os robôs autônomos. Ainda tem o design, que reúne pessoas para manter atualizadas as mídias sociais, fazer as logomarcas dos robôs e ajudar no contato com patrocinadores. Por fim, os capitães, que gerem a equipe, organizam questões relacionadas aos eventos e procuram patrocinadores.

Fazem parte da equipe alunos de diferentes engenharias, além de estudantes de outros cursos de dentro e fora da USP. O local em que trabalham é conhecido como “Gaiola”, localizada no prédio de Engenharia Mecânica e Naval, na Cidade Universitária, em São Paulo.


Você deve ser logado para comentar

Escreva um comentário

Sem comentários




Inscreva-se para ler nossas publicações

Inscreva-se

Inscreva-se para ver nossos downloads

Inscreva-se

CES 2018
9th January 2018
United States of America Las Vegas, Nevada
Developing wearable products: technology and opportunities
17th January 2018
United Kingdom Cocoon Networks, London
Smart Mobility Executive Forum
12th February 2018
Germany Berlin
embedded world 2018
27th February 2018
Germany Nuremberg
Industry 4.0 Summit 2018
28th February 2018
United Kingdom Manchester