Estados magnéticos permitem redes neurais em hardware

20th December 2017
Posted By : Enaie Azambuja
Estados magnéticos permitem redes neurais em hardware

Jack Gartside e colegas do Imperial College de Londres descobriram como gravar qualquer padrão magnético em nanofios - gravar diferentes padrões magnéticos significa que os sistemas de armazenamento, como os discos rígidos, podem não ficar mais limitados a 0 ou 1. A equipe demonstrou que sua técnica funciona como base para processadores neuromórficos, um hardware que funciona de forma mais parecida com o cérebro humano, e para as redes neurais artificiais.

A novidade consiste no aproveitamento de estados magnéticos exóticos, como o ponto onde três pólos sul se encontram. Essa junção representa um sistema complexo, que pode ser usado para emular muitos sistemas complexos encontrados na natureza, como a forma como nossos cérebros processam informações.

Sistemas de computação projetados para processar informações como o cérebro são conhecidos como redes neurais artificiais. Já existem poderosas redes neurais baseadas em software, mas o interesse maior tem sido sua criação em hardware, com ganhos de eficiência incalculáveis.

Além das aplicações em computação, o método pode ser usado para estudar aspectos fundamentais dos sistemas complexos, criando estados magnéticos que estão longe de serem ótimos - como três polos iguais juntos - e ver como o sistema responde.

A demonstração ainda é complicada do ponto de vista prático, dependendo da ponta de um microscópio de força atômica, mas não há em tese nada que impeça a automação do processo, como se fosse a cabeça magnética de um disco rígido.


Você deve ser logado para comentar

Escreva um comentário

Sem comentários




Inscreva-se para ler nossas publicações

Inscreva-se

Inscreva-se para ver nossos downloads

Inscreva-se

SPS IPC Drives 2019
26th November 2019
Germany Nuremberg Messe
Vietnam International Defense & Security Exhibition 2020
4th March 2020
Vietnam National Convention Center, Hanoi