ITA foi destaque em reunião sobre aeronáutica

Posted By : Enaie Azambuja
ITA foi destaque em reunião sobre aeronáutica

Representantes do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços – MDIC, Ministério da Defesa, pesquisadores e empresários brasileiros participaram, em Estocolmo, do 6º Workshop Brasil-Suécia em Aeronáutica. A organização do evento é uma parceria do governo brasileiro (MCTIC, CNPq e ITA) com o Programa Innovair, instituição do governo sueco responsável pela política para o setor aeronáutico em cooperação com o KTH.

O ITA foi representado pelo seu reitor, professor doutor Anderson Ribeiro Correia e pela professora Emília Villani, ponto focal do Instituto nas parcerias com a Suécia. Durante o encontro, o ITA foi destaque com o anúncio da FINEP, Vinnova e Senai, como líder de pesquisa de três novos projetos internacionais de pesquisa, recém escolhidos por estas organizações através de uma chamada pública envolvendo outras universidades brasileiras e suecas.

Logo após a reunião, o reitor e demais membros do grupo foram recebidos pelo Primeiro Ministro da Suécia, senhor Stefan Löfven, em um almoço no palácio do governo. Também estiveram presentes o secretário-executivo do MCTIC, Elton Zacarias, o embaixador do Brasil na Suécia, Marcos Pinta Gama e o secretário-executivo do MDIC, Marcos Jorge Lima. Pelo Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial – DCTA, participou o vice-diretor Major-Brigadeiro Engenheiro Fernando Cesar Pereira Santos.

Segundo o reitor, o encontro demonstra o potencial que o ITA tem para unir as instituições de pesquisa, indústria, governo e Forças Armadas e pesquisas de longo prazo. “Tudo isso é de extremo interesse dos setores aeronáutico e aeroespacial, gerando futuros desafios tecnológicos que possam ser utilizados para explorar parcerias, tanto em nível acadêmico quanto industrial. A participação do DCTA e do Innovair endossa a atividade do ITA, mostrando a relevância da escola para os setores brasileiro e sueco”, complementa Anderson.

O Grupo de Alto Nível Brasil e Suécia em Aeronáutica (GAN) pode ser considerado um desdobramento da compra de 36 aviões de caça suecos da empresa Saab. Este grupo foi criado com o objetivo de promover a cooperação em Ciência, Tecnologia e Inovação entre academia, indústria e governos, apoiando iniciativas para a criação conjunta de projetos, estudos e outras atividades no setor aeronáutico.

Uma das principais razoes para a escolha da empresa sueca foi a transferência de tecnologia e a possibilidade de inserção das empresas brasileiras na cadeia de fornecimento global da Saab, por meio da fabricação de alguns componentes do caça Gripen NG, proporcionando ao Brasil o acesso a novos mercados.

O contrato com a empresa Sueca foi assinado em setembro de 2015 e a previsão, segundo o cronograma oficial, é que a FAB comece a receber os primeiros caças a partir de 2019. Além das aeronaves, o contrato também inclui transferência de tecnologia para o Brasil e o desenvolvimento e construção de parte das aeronaves pela Embraer.


Você deve ser logado para comentar

Escreva um comentário

Sem comentários




Mais de Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA)

Inscreva-se para ler nossas publicações

Inscreva-se

Inscreva-se para ver nossos downloads

Inscreva-se

Girls in Tech | Catalyst | 2019
4th September 2019
United Kingdom The Brewery, London
DSEI 2019
10th September 2019
United Kingdom EXCEL, London
EMO Hannover 2019
16th September 2019
Germany Hannover
Women in Tech Festival 2019
17th September 2019
United Kingdom The Brewery, London
European Microwave Week 2019
29th September 2019
France Porte De Versailles Paris