Metal líquido poderá viabilizar nova onda de eletrônicos

26th October 2017
Posted By : Enaie Azambuja
Metal líquido poderá viabilizar nova onda de eletrônicos

Pesquisadores australianos descobriram como utilizar metal líquido para desenvolver materiais bidimensionais, com espessura atômica ou molecular. Ali Zavabeti e colegas da Universidade RMIT desenvolveram a técnica que sintetiza películas atomicamente finas de óxidos metálicos em temperatura ambiente - as ligas metálicas conhecidas como metais líquidos, ao contrário de metais fundidos, são líquidas por volta dos 30ºC.

Isso levará à aplicação industrial em inúmeras tecnologias de armazenamento de dados e computação que vêm sendo demonstradas ao longo dos últimos anos com esses materiais monoatômicos.

Além disso, a descoberta tem o potencial de revolucionar a forma como fazemos química, reformulando os métodos de fabricação de produtos químicos, de medicamentos aos fertilizantes e plásticos.

A técnica utilizada consiste em dissolver os materiais que se deseja depositar na forma de camadas monoatômicas no metal líquido. A seguir, o metal líquido é posto para escorrer de forma controlada sobre uma superfície, liberando as camadas atômicas de óxidos metálicos. Também é possível trabalhar com gotas do material, coletando as camadas atômicas com uma superfície plana, como o substrato de um chip, por exemplo.

 


Você deve ser logado para comentar

Escreva um comentário

Sem comentários




Inscreva-se para ler nossas publicações

Inscreva-se

Inscreva-se para ver nossos downloads

Inscreva-se

SPS IPC Drives 2017
28th November 2017
Germany Nuremberg
Cyber Security - Oil, Gas, Power 2017
29th November 2017
United Kingdom London
AI Tech World
29th November 2017
United Kingdom Olymipa, London
Maker Faire 2017
1st December 2017
Italy Rome
Virtual & Augmented Reality Creative Summit 2017
5th December 2017
United Kingdom Picturehouse Central, London